A Fundação Cultural Palmares certificou nesse fim de semana, Comunidades Remanescentes Quilombolas no Estado do Maranhão

0
110

Como parte do projeto #NENHUMQUILOMBOAMENOS, o Representante Regional da FCP no Maranhão, Alan Ramalho, entregou a Certidão de Autodefinição as comunidades nos municípios de São Bento, Cajapió e São Vicente de Ferrer, onde foram agraciadas com o certificado, 28 comunidades, que a partir dessa certificação poderão participar e pleitear o acesso das políticas públicas específicas em 11 ministérios. Matinha (Comunidade Cajá) , Mirinzal (Comunidade Mondêngo) e Vargem Grande (Comunidade Pontal de Areia) irão receber suas certidões durante essa semana, totalizando 31 certificações.
“Nosso propósito, em conjunto com a Acoreuq, Uniquita e Uniquituba, é certificar até o fim de 2018, cerca de 300 comunidades, uma ação que trará benefícios incontáveis para essa população.” afirmou Ramalho.

A Fundação Cultural Palmares, regional Maranhão , contando com o apoio do presidente Erivaldo Oliveira, que estará em outubro visitando o estado, está desenvolvendo regularmente atividades junto ás comunidades mais distantes, visitando, levando palestras e atendendo as mais diversas demandas. No sentido de encurtar essa enorme distância entre comunidade e representação regional, e melhorar a comunicação e interação, a Palmares implementou e inaugurou o Polo Palmares da Baixada Ocidental, com sede na cidade de Serrano onde 13 municípios terão regularmente atendimento itinerante, visando celeridade nas demandas.
“ Foi uma conquista maravilhosa e muito importante para o povo da baixada ocidental.” Declarou Valdirene Chagas, coordenadora do Polo e presidente da Associação da comunidade Soledade em Serrano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here