Disputa pela OAB faz Brissac tentar descolar sua imagem de Mário Macieira

0
79

O advogado Carlos Brissac está evitando ao máximo vincular sua imagem à do colega Mário Macieira. O principal motivo é a rejeição do ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB),no Maranhão, para disputar as eleições da entidade para o triênio 2019/2021. Brissac que lançou, no dia 30 de maio, sua pré-candidatura e volta a reenlaçar hoje(03), tem uma estratégia clara: se descolar do aliado evitando, inclusive, aparições em público.

Apesar de negar aos correligionários, o principal desgaste de Macieira foi confeccionado pelo próprio grupo, que “criou” a sinistra figura de Valeria Lauande em 2014. Na época, das opções que o ex-comandante da Ordem tinha à sua disposição, ele acabou optando pela figura que mais tarde viria a ser vista aos olhos da classe, como uma candidata “sem empolgação”. E o resultado disso foi que a escolhida de Macieira acabou sendo humilhada nas urnas por um candidato fraquíssimo em discurso.

A classe advocatícia reclama que não há proatividade da OAB-MA e já tem um bom tempo que a instituição deixou de ser representativa. Além disso, a falta de combate a violações de prerrogativas tem sido uma das maiores deficiências dos dirigentes da Seccional.

Longe dessa confusão, Macieira tentava passar para os advogados que nada tinha a ver com o que estava acontecendo. Queria aparecer, no momento certo, como o salvador da situação. Mas o desgaste que envolveu sua administração também é dele. Está no colo dele, porque ele teve a oportunidade fazer as mudanças e não o fez.

Os adversários aproveitam a estratégia de Brissac para atrelar a imagem dos dois causídicos cada vez mais. O objetivo é simples: usar o desgaste de Macieira e dividir com Brissac já que ambos fazem parte do mesmo grupo e são uma espécie de irmãos siameses. Isso, por exemplo, já começa a ficar demonstrado em levantamentos feitos por institutos de pesquisas, os quais demostram que a rejeição da gestão do antecessor do atual presidente da OAB, também já vem refletindo, diretamente, no pré-candidato à sucessão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here