Um áudio que circula em grupos de Watsap que está sendo atribuído ao ex-vereador Kleber Gomes, candidato derrotado para o diretório municipal do PT em São Luís, no processo de eleição direta (PED), que foi realizado no último domingo (8), pode motivar a abertura de um procedimento junto ao Conselho de Ética e Disciplina, na conformidade das competências estabelecidas no Estatuto.

Na gravação, de 18 segundos, a que o blog teve acesso, Kleber Gomes aparece sugerindo a compra de voto de um filiado petista que estava apto a participar do pleito interno, usando a velha máxima do toma-lá-dá-cá com a justificativa de “uma mão lava a outra”.

“E tal, nós estamos juntos, é o mesmo projeto é PT e tal. Não Kleber, olha, é o seguinte eu tô com tal dificuldade assim, assim e tu pode me ajudar? O que tu pode fazer? É isso. É uma mão lavando a outra, meu companheiro. Entendeu? Aí, o cara te chama e tu vai lá e tal”, destacou o candidato derrotado em suposta negociação de compra de votos. Em outro material, o interlocutor cita, inclusive, outras pessoas e até um deputado.

O que causa curiosidade é que em um vídeo que gravou logo após a confirmação do resultado, Kleber Gomes usa um discurso ético, de combate à compra de voto, contrariando tudo que fazia na calada da noite, ao ponto de usar um comportamento repugnante. Resta ao Conselho de Ética e Disciplina do partido tomar as medidas cabíveis para apurar a conduta do ‘falso moralista’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui