Na manhã de segunda-feira, 16 de outubro, a sessão ordinária na Câmara Municipal de São Luís durou menos de meia hora, expondo a questão crônica da improdutividade que tem afetado o Parlamento da cidade. Essa situação ocorre a um ano das eleições municipais, o que torna a falta de produtividade ainda mais preocupante.

A falta de quórum minimamente qualificado para o início do Pequeno Expediente, com ausência de oradores inscritos, foi evidenciada durante a sessão.

Essa situação levou a decisão de marcar uma reunião com todos os vereadores para tratar especificamente sobre o andamento das sessões. O encontro está previsto para acontecer na quarta-feira, 18 de outubro, antes da próxima sessão ordinária.

A falta de sessões produtivas tem impactado a discussão de pautas importantes, como o pagamento dos precatórios do FUNDEF aos profissionais da educação municipal de São Luís, que está prestes a entrar na Ordem do Dia.

A improdutividade crônica na Câmara de São Luís é uma preocupação crescente a um ano das eleições municipais. Esta matéria foi baseada nas informações disponíveis até a data fornecida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui