A mobilidade urbana sustentável é um tema cada vez mais relevante nas grandes cidades, e São Luís não é exceção. Recentemente, o pré-candidato do PDT à prefeitura, Fábio Câmara, trouxe à tona uma discussão essencial sobre as ciclovias na capital maranhense.

Há mais de duas décadas, o então prefeito Jackson Lago, do PDT, inaugurou a primeira e única ciclovia de São Luís dentro dos padrões técnicos exigidos. Localizada no bairro São Raimundo, essa via dedicada aos usuários de bicicleta oferece não apenas uma alternativa de transporte, mas também segurança, estendendo-se por mais de 3 quilômetros ao longo da Avenida São Raimundo.

No entanto, desde então, pouco avanço foi feito na expansão e melhoria desse tipo de infraestrutura na cidade. Em contrapartida, outras iniciativas foram implementadas como ciclofaixas, porém, sem a proteção necessária para os ciclistas.

Fábio Câmara ressaltou a importância de mais espaços seguros e adequados para os ciclistas, não apenas como uma opção de transporte ecológica, mas também como um passo crucial para construir uma cidade mais humana e verde. Sua defesa incansável pela ampliação e integração das ciclovias reflete a necessidade de garantir o direito de mobilidade a todos os cidadãos.

É fundamental reconhecer o papel essencial das ciclovias não apenas como uma via de locomoção alternativa, mas também como um elemento central na construção de uma cidade mais sustentável, saudável e inclusiva.

Fábio Câmara destaca a ausência de explicação do atual prefeito, Eduardo Braide, em relação à falta de inclusão de ciclovias ou ciclofaixas no projeto “Trânsito Livre” para a reforma da Avenida dos Holandeses.

O debate sobre a mobilidade urbana, especialmente no que tange às ciclovias, volta à cena em São Luís, impulsionado pela voz ativa de Fábio Câmara. Resta saber se essa discussão resultará em medidas concretas para aprimorar a infraestrutura cicloviária da capital maranhense, proporcionando um ambiente mais seguro e sustentável para todos os seus habitantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui