No discurso, o vereador também parabeniza organização do Prêmio Volts

No discurso, Marcial Lima agradeceu pelas premiações recebidas / Leonardo Mendonça

O vereador Marcial Lima (Podemos) utilizou a tribuna da Câmara de São Luís na manhã desta terça-feira (13) para agradecer à Academia Atheniense de Letras e Artes (Atheart) pelo recebimento do título “Mérito Atheniense” no último dia 07. Na oportunidade, o parlamentar também parabenizou a organização do “Prêmio Volts” pela realização do evento no último dia 9 e registrou dois fatos referentes ao dia 13 de dezembro.

Ao iniciar o discurso, Lima explicou que hoje é o Dia de Santa Luzia e lembrou que no Maranhão há as cidades de Santa Luzia e Santa Luzia do Paruá. O vereador ainda contou aos presentes que o dia 13 de dezembro de 1912 é a data de nascimento de Luiz Gonzaga, conhecido popularmente como “O Rei do Baião”.

Ainda no Pequeno Expediente, o parlamentar agradeceu o recebimento do título “Mérito Atheniense” pela Academia Atheniense de Letras e Artes (Atheart) no último dia 07 e explicou que a homenagem foi feita em reconhecimento aos serviços prestados em prol da cultura maranhense.

“Queria agradecer publicamente, do alto desta tribuna, um reconhecimento do nosso trabalho feito como vereador, como cidadão, como jornalista e também como um dos organizadores do Tributo ao Rei do Baião que é o título ‘Mérito Atheniense’. Nós recebemos ao lado de José de Ribamar Neres Costa, um dos grandes escritores e poetas do nosso estado”, explicou Marcial Lima.

Antes de finalizar o discurso, o vereador também parabenizou e prestou reconhecimento à organização do Prêmio Volts, que segundo o site do evento, é “a maior premiação popular para profissionais de arte e entretenimento do Maranhão”.

“O Prêmio é realizado em São Luís e organizado por uma comissão de pessoas da Comunicação. O Prêmio Volts é organizado pelo meu amigo Lucas e pela minha amiga Ane. Os dois, e outras pessoas que integram a comissão, deram um show de organização no Teatro da Cidade. Fazendo o que? Reconhecendo quem faz alguma coisa por essa cidade: o mundo cultural, a música, o teatro, a dança, a tecnologia. Mais de 600 mil pessoas participaram nesse ano, por meio da internet, escolhendo alguém da premiação Volts. Como vereador de uma capital que fala de cultura, pensa em cultura e até pouco tempo se destacava como a cidade brasileira da cultura, não posso deixar de reconhecer esta premiação”, assinalou Marcial Lima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui