A vereadora de São Luís, Silvana Noely, admitiu, durante sessão plenária na Câmara Municipal de São Luís desta quarta-feira (24), que não têm provas que incriminem o vereador Domingos Paz das acusações de assédio.

Na tribuna, a parlamentar afirmou que o fato ocorreu supostamente, e que a vítima teria lhe confidenciado o ocorrido. “Supostas vítimas, não tenho provas contra isso, mas eu fui procurada e ouvi o relato”, contou a vereadora.

Silvana Noely continuou seu discurso afirmando que não existem provas concretas de que os supostos assédios tenham ocorrido, e que a suposta vítima terá que contar sobre o que de fato ocorreu, na Câmara Municipal. “Eu fui procurada, por que eu iria incriminar Vossa Excelência? Isso não procede”, afirmou.

Tal afirmação da vereadora reforça ainda mais a narrativa de que não há nenhuma prova ou evidência que incriminem o vereador Domingos Paz de assédio.

Ainda na sessão, o vereador Thyago Freitas deixou claro que a suposta vítima não tem credibilidade, pois a mesma mente e desmente a sua própria fala, e pediu avaliação cautelosa da Comissão quanto a postura da acusadora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui